Como inserir a espiritualidade nas clínicas médicas

24/07/2020

"Seja a transformação que você deseja no mundo". A citação de Mahatma Gandhi, repostada quase à exaustão nas redes sociais, traz uma mensagem positiva, que ecoa também nas paredes de organizações pelo mundo. A visão de espiritualidade não está ligada a misticismo ou religião. A associação é comum, mas não representa sua verdadeira definição.

 

Espiritualidade no ambiente de trabalho remete à ética, propósito e respeito às diferentes crenças, entre outros aspectos. Este pensamento pode guiar o médico no olhar aos funcionários e até mesmo aos pacientes. Com o intuito de transformar vidas, a atenção estará voltada à saúde física e emocional dos públicos interno e externo.

 

Bem ao coração

 

A reflexão sobre espiritualidade ganha cada vez mais espaço na área da saúde. Tanto que a própria Sociedade Brasileira de Cardiologia incluiu uma diretriz no ano passado recomendando que este aspecto seja abordado no atendimento aos pacientes. Segundo a entidade, espiritualidade é um conjunto de valores morais, mentais e emocionais que norteiam pensamentos, comportamentos e atitudes nas circunstâncias da vida de relacionamento inter e intrapessoal.

 

Em uma fase de crise sanitária como esta, a espiritualidade pode trazer benefícios, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares e depressão. A abordagem dessa questão, como recomenda a entidade, é feita de forma sutil, priorizando portadores de comorbidades ou quadros graves. Mas o próprio paciente pode sinalizar se estará à vontade ao tratar este assunto em consulta. 

 

Em busca do propósito

 

A espiritualidade nas organizações passa pela discussão interna sobre propósito. De acordo com o Sebrae, o propósito pode ser definido como um motivo que faz com que a marca se orgulhe e entenda como colaborar para fazer do mundo um lugar melhor de se viver. Desenvolver o propósito, portanto, é descobrir a própria identidade empresarial.

 

E como transmitir esse conceito aos colaboradores? O recrutamento é uma das fases para falar sobre missão, visão e valores. É também momento para abordar o propósito, caso esteja claro aos próprios gestores. Mas o caminhar, o dia a dia da clínica, traz diversas oportunidades de reforçar o que inspira o trabalho para mobilizar pessoas e recursos.

 

O trabalho, assim, passa a ser desenvolvido com propósito, alinhado ao pensamento da empresa. Este significado é um dos aspectos fundamentais da espiritualidade no ambiente corporativo.

 

Ao pensarmos nas instituições médicas, podemos associar a espiritualidade ao respeito à vida, de funcionários e pacientes. Uma preocupação que faz bem ao corpo, mente e, por que não, ao espírito.


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Escolha abaixo a melhor forma para você falar com a gente!

FALE CONOSCO

Rua Cincinato Braga, 37, conj. 101, 10º andar Bela Vista/SP - 01333-011 - Brasil

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • team_viewer
  • area segura